Instituto Ampara Animal levará campanha inovadora ao Lolapalooza 2024

Instituto Ampara Animal levará campanha inovadora ao Lolapalooza 2024. O Instituto Ampara Animal anunciou a sua participação no festival Lolapalooza, que será realizado nos dias 22, 23 e 24 de março no Autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo. A organização estará presente para promover e realizar ativações de sua nova e impactante campanha intitulada “Algorítimo Selvagem – Reset”.

A campanha “Algorítimo Selvagem – Reset” é uma iniciativa inovadora que expõe a influência das mídias digitais sobre o tráfico de animais selvagens. Seu principal objetivo é promover o reset do algoritmo de uma das maiores plataformas de mídia social atualmente, o Instagram.

O Instituto Ampara Animal, conhecido por seu compromisso com a proteção e conservação dos animais, lidera essa campanha para destacar os impactos dos seguidores no engajamento de conteúdos que utilizam a imagem de animais selvagens como pets para se promoverem nas mídias digitais. A campanha visa combater a retirada de animais silvestres da natureza e seu comércio, por meio da reinicialização massiva dos algoritmos do Instagram e do despertar da mudança de comportamento da sociedade.

Com o aumento significativo do papel das redes sociais na promoção de comportamentos e causas, o Instituto Ampara Animal está tomando medidas ousadas para desencorajar a participação involuntária no tráfico de animais selvagens. A campanha visa diminuir curtidas e compartilhamentos de postagens de animais selvagens sendo tratados como pets, evidenciando a responsabilidade de cada indivíduo ao engajar em conteúdos como estes, desafiando a norma e promovendo uma conscientização generalizada.

A peça central desta campanha é o reset do algoritmo do Instagram. A iniciativa começou com a exposição “Algorítimo Selvagem (Reset)” em São Paulo, no dia 3 de março, data que marcou o Dia Mundial da Vida Selvagem pela ONU. A exposição utilizará expressões artísticas de impacto visual para sensibilizar e convocar a comunidade a participar deste movimento crucial, destacando os perigos da influência de conteúdos que exploram a fauna na manutenção e ampliação do tráfico de animais selvagens.

A exposição foi seguida pelo “Dia da Reinicialização dos Algoritmos” (“Reset Day”), em 7 de março, uma data especial em que cada indivíduo contribuiu diretamente para a causa, promovendo a conscientização e a mudança de comportamento.

Juliana Camargo, fundadora do Instituto Ampara Animal, afirmou: “Estamos comprometidos em combater o tráfico de animais selvagens de maneira inovadora, sensível e eficaz. Acreditamos que ao resetar os algoritmos do Instagram e despertar o olhar da sociedade para esta problemática, podemos desencorajar indiretamente a promoção dessa prática criminosa.”

O Instituto Ampara Animal convida todos a se juntarem a eles nesta jornada para criar um ambiente online mais consciente e responsável, onde as interações digitais não contribuam inadvertidamente para a exploração de animais selvagens.

Saiba mais: www.amparanimal.org.br

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *